Cursos Magento

Como criar um módulo para Magento 1

,

12 de junho de 2018

Este artigo servirá como base para outros artigos relacionados a desenvolvimento para Magento 1 aqui do Magenteiro. Neste artigo veremos como criar a estrutura básica de para Magento 1.

Veja também: como criar um módulo para Magento 2.

Estrutura de um módulo Magento 1

Para um módulo ser reconhecido pelo Magento em Sistema > Configurações > Avançado > Avançado (onde podemos ver todos os módulos instalados) ele precisa ter a seguinte estrutura de arquivos:

  • app/etc/modules/Fornecedor_Modulo.xml
  • app/code/[community|local]/Fornecedor/Modulo/etc/config.xml

Lista de módulos – app/etc/modules

A lista de módulos instalados em uma loja Magento 1 pode ser encontrada na pasta app/etc/modules da sua loja. Lá você encontrará todos os módulos instalados representados por arquivos .XML. Dentro de cada arquivo você pode ativar ou desativar um módulo completamente modificando a diretiva <active>.

Criando nosso módulo Base

Após desativar o cache de sua loja Magento, vamos começar a criação de nosso módulo com o seguinte arquivo:

Este é o arquivo responsável por informar ao Magento onde ele deve encontrar o nosso módulo. No nosso exemplo, estamos criando um módulo criado pela empresa “Magenteiro” com o nome “ModuloBase”.

Na linha 4 temos o nome do módulo, que corresponde à pasta onde o mesmo se encontra, como veremos no próximo passo.

O parâmetro active indica se o módulo está ativo ou não.

O nó codePool pode ser dos seguintes tipos:

  • local – usado em módulos que são específicos apenas para esta loja, e que não poderão ser aproveitados em outras lojas sem modificações
  • community – usado em customizações que podem ser compartilhadas em outras lojas. É o tipo mais comum em módulos comprados de empresas e em módulos desenvolvidos pensando em compatibilidade com múltiplas lojas
  • core – usado apenas pelos módulos nativos do Magento.

 

Em seguida, vamos criar o primeiro arquivo do nosso módulo.

Na linha 4 novamente temos o nome do nosso módulo, que servirá como identificador do nosso módulo em diversas fases do nosso desenvolvimento.

Na linha 5, o nó <version> indica a versão do nosso módulo. Você pode usar versões numéricas como qualquer outro versionamento de software, como por exemplo: 1.0, 1.0.0, 0.1.0, 10.2.1, etc.

Sempre que a versão de um módulo é atualizada, o Magento tentará buscar os scripts de upgrade do módulo e os executará a fim de criar e modificar novas tabelas e configurações de acordo com sua necessidade.

 

Pronto.

E isso é tudo o que precisamos fazer para começar a criação de um módulo no Magento 1.

Com isso, o nosso módulo já deve aparecer no nosso painel (em Sistema > Configurações > Avançado > Avançado), como podemos ver abaixo.

Com o módulo criado, podemos iniciar o desenvolvimento e começar a criar ou modificar recursos e classes existentes em qualquer parte de uma loja Magento.

Se desejar saber mais sobre a criação de módulos e desenvolvimento para Magento 1, não deixe de conferir o curso de Criação de Módulos e Desenvolvimento para Magento 1.9 exclusivo do Magenteiro.

 

Receba o módulo base por e-mail

Caso queira ter o módulo base que acabamos de criar direto em seu e-mail para uso posterior, basta informar seu e-mail abaixo.

Ricardo Martins

Desenvolvedor web há mais de 15 anos, desde 2011 totalmente especializado em Magento, ajudo na criação de conteúdo, e cursos online sobre Magento - hoje com mais de 7000 alunos de 97 países - e criador do módulo PagSeguro Transparente para Magento, usado em mais de 12 mil lojas.

Últimos posts por Ricardo Martins (exibir todos)

Assuntos: |
Comentários